Correr no asfalto ou em trilhas?

Provas off-road têm crescido muito no Brasil e já contam com boas opções. Veja as diferenças para os dois tipos de solo da corrida de rua.

Essa é uma questão que muitos corredores se dividem na hora de apontar vantagens e desvantagens em cada tipo de solo. Piso duro ou macio. Infraestrutura total ou contato com natureza?

Correr provas de montanha é muito diferente de fazer corridas na cidade. As duas modalidades são praticamente esportes distintos e isso não acontece apenas pela mudança no terreno, mas, principalmente pelo tipo de comportamento que cada um dos locais “exige”. Quem está acostumado a fazer as provas de asfalto, pode achar estranho que em uma corrida de montanha não existem postos de hidratação por todo o trajeto, distribuindo água em copos plásticos, por exemplo. Quando a prova é em meio à natureza, alguns cuidados extras precisam ser tomados.

Enfim, mundos semelhantes e tão diferentes. A começar das consequências. Se os joelhos são poupados na terra fofa que amortecem o impacto – o que não acontece no asfalto – as articulações acabam sendo exigidas pelas irregularidades do piso e da mudança constante de velocidade e caminho.

No asfalto ainda dá para relaxar, olhar a paisagem em volta. Observar os prédios, monumentos. Os cuidados ficam apenas com um buraco aqui e acolá, uma tampa de esgoto mal encaixada, um “olho de gato” no meio do caminho ou, nestes tempos de chuva, a pintura escorregadia das faixas.

Nas trilhas, não. A atenção é total. Tem erosão, pedra, cascalho, muitos buracos, lama, galhos caídos, areia e por aí vai. Não há como comparar ainda o calor, a sensação térmica nos dois locais. Na trilha, a poeira corre solta. Os carros passam e levantam o poeira. O suor se mistura com a terra e a sede é constante.  Então leve sua própria hidratação e nutrição, mas nunca deixe o lixo nas trilhas

Correr no asfalto, nas provas grandes da cidade é muito bom. Corrida urbana é o nosso dia a dia. Mas correr em trilhas é diferente. Desafiador. Quem nunca participou de uma prova dessas, deve experimentar para poder sentir na pele essa diferença. E aí, ter a opção de escolher que tipo de corrida colocar no programa.

Relacionados